terça-feira, julho 16, 2024

MURMURAÇÃO!

 

Tem gente que vê dificuldade em tudo, só dá contra e diz: “Eu sou realista”. O que você acha desta atitude? No capítulo 10 da primeira carta aos Coríntios, Paulo relembra alguns pecados cometidos por Israel, no deserto, e as tristes consequências da infidelidade.
No versículo 10 ele faz a seguinte advertência: “Nem murmureis, como alguns deles murmuraram e foram destruídos pelo exterminador”. Este versículo é uma referência ao episódio narrado no texto básico deste estudo (Números, 14), quando os filhos de Israel foram duramente castigados pelo Senhor por causa da murmuração.
“Murmurar”, conforme o dicionário, é soltar queixumes, lastimar-se, queixar-se em voz baixa, falar mal, apontar faltas, formar mau juízo de alguém ou de alguma coisa. Foi exatamente isto que aconteceu com o povo de Israel após o relatório trazido pelos homens que foram espiar a terra. O Senhor indignou-se ante a atitude do povo: “Até quando sofrerei esta má congregação que murmura contra mim? Tenho ouvido as murmurações que os filhos de Israel proferem contra mim”.

Tópicos para Reflexão:

A Ação dos Murmuradores consiste em puxar para trás

A murmuração é tipicamente pessimista. Os murmuradores estão sempre a reclamar e a dar contra.
A murmuração é fruto da incredulidade, pois os murmuradores, como já foi exposto, não creem, não confiam.
Em vez de colaborar, torcem para que as coisas deem errado. Tal atitude, além de antiética, depõe contra a causa cristã e traz prejuízos a toda a comunidade.

A Murmuração tem um efeito contagioso na comunidade

A ação destrutiva dos murmuradores continua fazendo estragos entre o povo de Deus e arruinando a vida de líderes.
Comunidades inteiras são afetadas, experimentando inimizades, divisões e enfraquecimento.

É preciso resistir à tentação da murmuração

A murmuração é uma tentação sempre presente diante de nós. Pode até tornar-se um hábito. Conter a língua ou falar o que é certo, de maneira correta, na hora apropriada e com quem deve ouvir, é uma arte que nem todos dominam. A fórmula indicada por Tiago é muito útil para nos disciplinar neste sentido: “Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar. (Tg 1:19)
A murmuração é incompatível com uma vida cristã marcada por fidelidade, confiança e cooperação.
A murmuração afasta a bênção e atrai o juízo de Deus. Mas, quando a murmuração cede lugar à confiança em Deus, à união e cooperação entre os irmãos, “ali derrama o Senhor a sua benção e a vida para sempre”.
Devemos tomar cuidado para não incorrermos no pecado da murmuração. Ela pode ser extremamente prejudicial.
É por isso que a Palavra de Deus recomenda: “Fazei tudo sem murmurações nem contendas, para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros no mundo.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments