terça-feira, julho 16, 2024
INICIAL☆ Destaque 2Alunos de escola estadual produzem curtas-metragens

Alunos de escola estadual produzem curtas-metragens

O projeto Cine e Cultura promoveu, entre segunda-feira, 16, e quarta-feira, 18, a Oficina de Introdução Básica de Cinema para alunos da Escola Estadual ‘Professora Doutora Altair de Fátima Furigo Polettini’, no Jardim Maria Bonati Bordignon, em Mogi Mirim . Durante os três dias, adolescentes de 12 e 16 anos tiveram a oportunidade de criar curtas-metragens com equipamentos e técnicas profissionais de audiovisual.

Realizada pelo Instituto Eco Ambiental e Social, com patrocínio da Tenneco, a ação tem como objetivo oferecer aos adolescentes de comunidades carentes as ferramentas necessárias para o desenvolvimento de filmes ou documentários de curta duração que abordem, de forma lúdica, temas como sustentabilidade, preservação da água, consumo consciente, responsabilidade no trânsito, energia, reciclagem, mobilidade urbana e alimentação saudável.

Na primeira etapa, o projeto Cine e Cultura inclui a realização de três dias de oficinas. Divididos em grupos de no máximo cinco alunos, as crianças têm contato com os principais conceitos do mundo do cinema: filmagem, enquadramento de cenas, noções de equipamentos de vídeos, edição, escolha de trilha, criação de personagens, roteiro e iluminação.

Além disso, têm a oportunidade de mergulhar nos gêneros de filmes de ficção, documentários, entre outros. Ainda nas oficinas, sob a supervisão e instrução dos oficineiros, os alunos fazem a gravação de depoimentos e captura de imagens, sempre seguindo um roteiro escrito previamente. O último dia de oficina foi dedicado à edição dos curtas, com a inserção de trilha e legendas. Ao final do projeto, todos os jovens receberam certificados.

“Nossa meta é promover o acesso à cultura. Acreditamos na arte como ferramenta de transformação social. Por isso, queremos proporcionar aos nossos adolescentes e jovens a oportunidade de se expressarem de forma artística. Esperamos que, dessa forma, eles também possam alcançar outras pessoas com importantes mensagens de conscientização e reflexão. Estamos certos de que este é um caminho para formar cidadãos conscientes para o futuro”, afirma a presidente do Instituto Eco Ambiental e Social, Patrícia Henrique.

Apresentações
A segunda etapa do projeto inclui a realização de eventos com sessões de cinema e atividades culturais nas escolas estaduais ‘Profª Drª Altair de Fátima Furigo Polettini’ e ‘Profº Ernani Calbucci’, além do ICA (Instituição de Incentivo à Criança e ao Adolescente). As apresentações, que acontecem de 30 de outubro a 1º de novembro, contarão com interações teatrais e workshops sobre o uso da água e de energia, reciclagem e segurança no trânsito.

Também serão exibidos os curtas-metragens produzidos durante as oficinas. Para acolher a ação cultural, cada local vai receber uma estrutura gigante de cinema inflável, com 15 metros de comprimento e quatro metros de altura, equipada com telão, projetor de áudio e vídeo, além de almofadas para acomodação do público.

Para deixar a programação ainda mais divertida, todos os presentes terão direito a pipoca. Ao final de cada sessão, as crianças e adolescentes levarão para casa um livreto com explicações sobre os temas que foram abordados nos curtas-metragens. As datas e os locais das apresentações serão divulgados em breve.

 

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments