terça-feira, julho 16, 2024
INICIALOpiniãoArtigosUm elemento fundamental para os exercícios físicos

Um elemento fundamental para os exercícios físicos

Um dos motivos de grande preocupação na saúde de um idoso são as quedas. Independente da idade, todas as pessoas correm o risco de cair. Porém, para quem se encontra em uma idade avançada, uma queda pode significar um acidente com graves consequências e, muitas vezes, fraturas.

Quando isso ocorre, um idoso que antes tinha um estilo de vida ativo, passa a depender de cuidados de outras pessoas. Ou seja, junto com a queda, pode vir uma sucessão de situações negativas que comumente é capaz de gerar depressão e ansiedade.
Segundo a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), os acidentes já se tornaram a sexta principal causa de morte em idosos e grande parte deles são as quedas. A cada ano, 30 a 40% dos idosos caem pelo menos uma vez, e as implicações negativas excedem o aspecto físico, sendo também psíquicas e sociais.

Para a referida instituição, prevenir quedas não se trata apenas de adaptar um ambiente seguro, amplo, iluminado e com barras de apoio. Os idosos têm maior chance de sofrerem quedas pois reúnem uma série de fatores de risco classificados como extrínsecos: como por exemplo o conhecido “tapete dobrado”, calçados inapropriados, piso escorregadio; e os e intrínsecos: relacionados às dificuldades individuais como medicações, perda de visão ou audição, ausência de força muscular, etc.

A prática do exercício físico reduz as chances e os índices de queda em idosos, pois promove aumento da massa muscular, da coordenação motora, do equilíbrio e das funções cognitivas. O hábito de praticar regularmente os exercícios, diminui a possibilidade de quedas, associado ao ambiente livre de possíveis obstáculos que podem dificultar o dia a dia do idoso.

O que devemos ter em mente é que os hábitos do cotidiano são fundamentais para a qualidade de vida de qualquer faixa etária e, para um idoso que sofre naturalmente a perda considerável da força muscular e da mobilidade articular, é ainda mais determinante.

O exercício físico praticado de forma regular, proporciona a autonomia, a independência e a qualidade de vida das pessoas que se encontram nessa fase da vida. Incentive os idosos a se movimentarem diariamente!

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments