terça-feira, julho 9, 2024
INICIAL☆ DestaqueCampanha na semana do Dia Mundial de Combate à Raiva

Campanha na semana do Dia Mundial de Combate à Raiva

O dia 28 de setembro, data do falecimento de Louis Pasteur, em 1895, é considerado, desde 2007, por iniciativa da Aliança Global Contra a Raiva, o Dia Mundial Contra a Raiva. O cientista francês desenvolveu a vacina anti-rábica em 1885 e uma para a cólera das galinhas (em 1889).

Membro da Academia das Ciências, da Academia de Medicina e da Academia Francesa, fundou e dirigiu até morrer, em Paris, o primeiro Instituto Pasteur (1888), que se tornou um dos mais importantes centros mundiais de pesquisa científica.

Para lembrar o Dia Mundial de Combate à Raiva, Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Mogi Mirim realiza neste sábado, 30), mais uma etapa da vacinação antirrábica de cães e gatos na sede do órgão, situada à rua Ariovaldo Silveira Franco, nº 190, Jardim Panorama, próximo à Escola Técnica (Etec) ‘Pedro Ferreira Alves’.

De acordo com o médico veterinário Rogério Marcos Garros, coordenador da vigilância ambiental e zoonoses do CCZ, antes de vacinar seu animal de estimação, o tutor ou tutora precisa agendar o procedimento pelo telefone (19) 3862-4382.

A vacinação ocorre no período entre as 8h às 12h, mas independentemente das próximas datas agendadas, os donos de cães e gatos também podem vacinar seus pets em qualquer dia da semana, pois o CCZ fica à disposição de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. As únicas exigências é agendar a vacinação com antecedência.

Outro pedido para quem for levar o pet para tomar a dose de antirrábica é transportar os gatos em gaiolas e os cães maiores com focinheiras ou coleiras. Em agosto, o CCZ promoveu a vacinação em dois sábados, imunizando mais de 200 animais.

A raiva é uma zoonose de etiologia viral que atinge pessoas, animais domésticos e silvestres, sendo transmitida através de mordidas e contato com a saliva. Atualmente, a principal forma transmissão no estado de São Paulo se dá através do contato com morcegos de quaisquer espécies, hematófagos ou não, com pessoas e animais. A raiva é letal na totalidade absoluta dos casos. Animais domésticos devem ser vacinados anualmente e ao contato com animais suspeitos, o ferimento deve ser lavado com água e sabão e de imediato deve-se procurar os serviços de saúde.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments