terça-feira, julho 16, 2024
INICIALOpiniãoArtigosMãe: um tema eterno!

Mãe: um tema eterno!

É com imensa alegria que, mais uma vez, venho me dirigir aos queridos leitores. Meu tema hoje será em justa homenagem a todas as mães que são as grandes heroínas da vida, acolhedoras do sentimento maior: o Amor!
A mulher é, sem dúvida, a maravilhosa criação de Deus, pois na sua incrível sabedoria criacionista, desejou formar a mulher e, em gênesis 2:18, ele mesmo declara: “Farei uma auxiliadora idônea”. Isso me faz lembrar de uma antiga história que conta a tradição.

O imperador disse ao rabi Gamaliel: “Vosso Deus é um ladrão, pois não fez Adão adormecer e retirou-lhe uma costela?”. Nisto, a filha do rabi interrompeu, pedindo ao imperador que mandasse chamar os guardas. “O que aconteceu?”, perguntou o imperador.

“Um ladrão entrou em minha casa e levou um jarro de barro deixando um de ouro no lugar”, relatou a filha do rabi. “Quem dera que um ladrão assim viesse à minha casa todos os dias”. “Por que, então, falas desse modo contra Deus?”. “Não retirou Ele uma costela de Adão para enriquecê-lo com uma joia de esposa?”, replicou a moça.
Infelizmente essa história reflete a falta de reconhecimento do valor original da mulher que, ao ser criada, recebeu o dom de ser mãe, gerar, expandir, multiplicar, pois o seu primeiro nome foi Eva que quer dizer: vida, doadora, mãe de tudo que vive.

Por séculos a mulher esteve violentamente impedida de assumir um papel que lhe cabe desde a criação do mundo, mas atualmente estamos tendo uma mudança de conceito e, só em nosso país, mais de 20 milhões de mulheres são empreendedoras sem deixar o nobre papel de ser a rainha do lar, auxiliadora do marido e educadora dos filhos. Não é sem causa que a bíblia dedica à mulher um capítulo todo que pode ser considerado o mais lindo poema de mãe.

“A mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede aos de Rubis, o coração do seu marido está nela confiado; ela só lhe faz o bem todos os dias de sua vida, trabalha de boa vontade com as suas mãos e como um navio mercante, traz de longe o seu pão, levanta-se mesmo à noite para dar de comer aos da casa. Planta uma vinha com o fruto de suas mãos. A força e a honra são os seus vestidos, abre sua boca com sabedoria e está sempre atenta ao andamento da casa. Os seus filhos a chamam de bem-aventurada e o seu marido a elogia”.

Por tudo isso e muito mais, desejamos um Feliz Dia das Mães a todas as mulheres mogimirianas

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments